BLOG

Gosta de cachoeiras e tomar banho em praias de água doce? Jalapão, no Tocantins, é uma ótima opção!

Dunas de JalapãoPromover viagens para lugares nunca imaginados, proporcionando experiências inesquecíveis, é o nosso objetivo como agência de viagens. Na dica desta semana, nós, da B95 Viagens, trouxemos como sugestão uma opção, que fica bem no meio do estado do Tocantins e ainda é pouco explorada por turistas. 

Estamos falando do Jalapão, área cercada por cerrado que engloba vários municípios e diferentes áreas de preservação, entre elas o Parque Estadual do Jalapão, reunindo atrativos que fizeram desta região do País, como um dos melhores para quem curte ecoturismo, com belas praias fluviais, cachoeiras, fervedouros, dunas, grutas e cânions maravilhosos.

Muito conhecida pelas cachoeiras magníficas, campos de capim dourado e pelos fervedouros, nascentes de água cristalina e esverdeada que brotam da terra (que devido à força da água, quem entra, não afunda!), o Jalapão é um destino perfeito para quem quer unir turismo de aventura com paisagens incríveis.

E o melhor, todo o pacote, desde a saída de São José do Rio Preto, com destino ao Jalapão, percursos por terra, seguro-viagem, locação de veículos, contratação de guias, visitas a pontos turísticos, reservas em hotéis e até indicações dos melhores lugares para se comprar e comer, a B95 Viagens se encarrega de planejar de acordo com o desejo de cada cliente. Sempre de olho em tornar realidade a viagem dos sonhos.

Antes de saber tudo sobre esse destino, já segue
a B95Viagens no Facebook e Instagram? Não?!!? 

Como você vai ficar informado sobre os melhores pacotes, promoções e destinos imperdíveis? 

⇒ Nosso facebook - www.facebook.com/b95viagens/
⇒ Nosso instagram – instagram.com/b95viagens

 

 







Quer saber mais? Confira nosso guia:

Onde fica
O Jalapão fica no centro-leste do estado do Tocantins e faz fronteira com os estados da Bahia, Maranhão e Piauí.

Como chegar
Para ter acesso, o viajante pode ir de avião, por meio de vôos diretos somente a Brasília (TAM, Gol, Azul e Passaredo) e Goiânia (Azul e Passaredo). A partir de Palmas, a principal via de acesso é a TO-030, que vai até Santa Tereza do Tocantins, e depois deve-se pegar a TO-130 até Ponte Alta. O trajeto é todo asfaltado, mas tem uma parte em pista de terra e areia. Se a saída for de Mateiros, a viagem deve ser feita pela TO-255.  Se for de carro até Palmas, a melhor forma é seguir até às cidades-base:
Novo Acordo - 115km da capital
Ponte Alta do Tocantis - 190 km da capital
Mateiros - 305km da capital
São Félix do Tocantis - 253km da capital

Quantos dias ficar
Como os principais pontos turísticos ficam distantes e são interligados por estradas que pedem tráfego lento, o ideal é que o viajante se programe para um mínimo de quatro dias por lá.

Como explorar o Jalapão
Como tem solo fofo em épocas de seca e lamacento em períodos de chuva, a melhor forma de exploração e passeios é de caminhão ou 4x4 com tração. Também é possível contratar tours organizados aqui na B95 Viagens.

Quando ir
O Jalapão é um destino em que se pode visitar o ano todo. De maio a setembro, quase não chove. Os dias são quentes e as noites, frescas. No restante do ano, que compreende o período chuvoso, faz menos calor durante o dia, mas as noites continuam frescas.

O que não pode faltar na mala
Repelente, pois devido a ser área aberta é comum pernilongos e mosquitos. Também é recomendável usar protetor solar, bonés e óculos de sol devido à alta incidência de raios ultravioletas. Outra recomendação é levar dinheiro vivo e talão de cheques, visto que caixas eletrônicos são raros e, em poucos lugares.

O que comprar
Artesanato em capim dourado, muito comum no Jalapão







Artesanatos em capim dourado -
O capim dourado é a haste de uma florzinha branca, da família das sempre-vivas, cientificamente conhecido de Syngonanthus niten. É utilizado na confecção de bolsas, pulseiras, potes, brincos, chapéus, mandalas e enfeites de todos os tipos.

Pratos típicos que você deve provar ao visitar o Tocantins
A culinária tocantinense é conhecida pelos temperos que agradam a qualquer paladar. Porém, alguns pratos típicos como o chambaril e o peixe no leite de coco babaçu que merecem ser provados. Em geral, as refeições nos restaurantes espalhadas pelas cidades e principais pontos turísticos, vendem refeições, onde se é possível comer bem, a partir de R$ 20, com preço fixo e comendo à vontade. No cardápio sempre tem arroz, feijão, macarrão, frango, peixe, mandioca e batata. Como os passeios são distantes, sempre é bom ter à mão barrinhas de cereais e lanches rápidos como snacks.

Amor perfeito: feito com polvilho, derrete na boca

 

 

 

 



Amor perfeito - Biscoitinho de polvilho, moldado à mão e assado em forno de barro.

Chambaril: cozido de carne







Chambaril -
Cozido de músculo bovino com osso, bem condimentado com  molho de tomate. Também pode ser feito com ossobuco.
Maria Isabel: arroz com carne de sol e temperos








Maria Isabel -
Prato típico desta região do País que consiste de arroz branco com carne de sol e temperos.

Paçoca de carne de sol: carne é desfiado no pilão














Paçoca de carne de sol -
Espécie de farofa com carne seca bem desfiada após ser socado no pilão, temperada com bastante alho picado e farinha de mandioca torrada.

Peixe no leite de coco babaçu










Peixe no leite de coco babaçu -
Receita preparada com cari, um peixe que lembra muito o cascudo visualmente. Leva ainda tomate, cebola, pimenta de cheiro e o leite de coco babaçu.

Principais eventos
Capim dourado vira peças de artesanato no Jalapão










Festa da Colheita do Capim Dourado -
Realizada em Mateiros, realizada sempre no mês de setembro. Comemora-se o início da colheita de capim dourado, vegetação utilizada na confecção de produtos artesanais. Na festa tem comidas típicas, rodas de conversa e apresentações culturais. Entrada gratuita.

Principais pontos turísticos
Fervedouros

Fervedouros são nascentes de rios subterrâneos que não têm vazão de água, formando uma espécie de piscina natural em meio à vegetação. Com a força da água que emerge do lençol freático, quem entra em um fervedouro não afunda nem que queira, apenas bóia na superfície da água. Todas podem receber turistas, desde que respeitem a quantidade mínima e os turistas não pisem nas bordas dos lagos e não utilizem repelentes e protetores solares. 

Fervedouro do Alecrim











Fervedouro do Alecrim -
Possui mata ciliar ao redor que deixa o lago mais bonito. Está localizado a 1,7km do centro da cidade.


Fervedouro Ceiça (antigo Glorinha) -
Fica em Mateiros, devido ao terreno frágil só é permitido a entrada de seis pessoas por vez, com tempo de permanência máxima de 20 minutos. Abre das 6h às 18h. Fica a 3 horas da cidade, com trajeto em estrada de terra e trilha de acesso fácil.













Fervedouro do Soninho -
Fica em São Félix do Tocantins, tem aproximadamente 30 metros de profundidade.


Fervedouro Bela Vista -
Considerado um dos mais bonitos do Jalapão, está localizado em São Félix do Tocantins tem 15 metros de diâmetro, água transparente e azul. Aberto à visitação mediante pagamento de acesso, é o mais bem estruturado tem restaurante no local, que serve almoço e jantar, área para camping. Podem entrar 10 pessoas por vez. 


Fervedouro Buritis -
Localizado em Mateiros, tem capacidade máxima de 10 pessoas e acesso pago por visitante. Possui restaurante com comida caseira próximo, que também funciona como bar.


Fervedouro Buritizinho -
Também fica em Mateiros, tem formato de gota, azul intenso e águas cristalinas. O acesso é pago e também possui restaurante de comida caseira próximo. A capacidade é de seis pessoas por vez com tempo limite cronometrado.

Ponte Alta do Tocantins

Cânion Sussuapara -
Localizado em Ponte Alta do Tocantins, a 152km de Palmas (TO). Tem águas cristalinas que descem por fendas em paredões com mais de 12 metros de altura. Tem pequenas quedas d'água que formam piscinas naturais de água fria. Fica a 12km do centro da cidade.


Pedra furada -
Também localizado em Ponte Alta do Tocantins, a 35km do centro. É um conjunto de blocos areníticos esculpidos pelo vento há milhares de anos, perfeito para apreciar o pôr do sol. De lá é possível avistar o Morro Solto, paredão rochoso em meio à vegetação.

Mateiros

Cachoeira da Velha -
É a maior cachoeira da região, com água cristalina. Tem 100 metros de largura e 15 metros de queda livre. Banhos não são permitidos, por ser uma área perigosa para banhistas. Tem uma passarela com mirante, perfeita para contemplar a paisagem. O acesso de Palmas até Ponte Alta se faz pelas rodovias TO-50 e TO-255, na sequência deve-se seguir por estrada de terra.


Cachoeira do Formiga -
Formada por uma queda pequena que desagua em uma espécie de poço, que possui águas em tons esverdeados e areia branca e fininha no fundo. A visita é paga porque está localizado em área particular. É permitido acampar, desde que se respeite as regras locais. Para acesso, a partir de Mateiros, basta pegar a rodovia BR-225 em direção a São Félix. São 36 km em estrada de terra.


Dunas do Jalapão -
São dunas de areia que surgiram a partir da erosão de serras rochosas, lembrando um deserto. Têm altitude entre 200 e 400 metros, conforme a localização. Do alto delas avista-se a Serra do Espírito Santo com capim dourado e diversos lagos. Vale para admirar o pôr do sol. O acesso se dá saindo de Palmas, por 282 km pela TO-255, o que corresponde a aproximadamente 4 horas de viagem em veículo com tração 4x4.


Mirante da Serra do Espírito Santo -
Oferece vista privilegiada de parte do Jalapão com vegetação, rios e lagoas a perder de vista. Saindo de Mateiros, são cerca de 30km de estrada arenosa até a serra, após o trecho é preciso ainda percorrer 500 metros de trilha bem íngreme. Vale sair às 4h da manhã para assistir o nascer do sol ou após às 16 horas, para assistir ao pôr do sol.


Parque Estadual do Jalapão -
O acesso se dá a partir de Ponte Alta do Tocantins, fica a 195km de Palmas (TO). É uma área de preservação ambiental com rios, riachos, ribeirões e cachoeiras de água cristalina, além de fervedouros. Tem dunas de areaias laranjadas, mescladas com serras 


Prainha do Rio Novo -
Fica próxima à Cachoeira da Velha e impressiona pelas águas cristalinas e areia clarinha, que forma uma piscina natural belíssima. Porém, o mergulho deve ser feito apenas nas margens, pois o rio tem forte correnteza. Para acessar, é preciso fazer uma trilha. No Rio Novo, é possível ainda praticar turismo de aventura, como rafting, canoagem e boia cross. Para chegar basta sair de Mateiros pela estrada que leva a Ponte Alta, em 45km de estrada de terra.

Novo Acordo
Localizada a 116km de Palmas, a cidade também é cortada pelas águas cristalinas do Rio do Sono, onde é possível praticar rafting e canoagem, entre esportes de aventura. 


Praia do Borges -
Águas límpidas com areia branquinha, perfeito convite ao banho. Tem ainda estrutura com barracas de alimentação, mesas e cadeiras para o turista.Tem acesso gratuito e de lá é possível fazer passeios pelo Rio do Sono. Em épocas de temporada tem ainda programação musical com shows de artistas locais.

São Félix do Tocantins

Praia do Alecrim -
A 1,7km da cidade e 500 metros do Fervedouro do Alecrim, a praia do Alecrim é indicada para banho de sol, banhos e relaxar. Em épocas de alta temporada, tem atividades recreativas e shows.


Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono -
É a primeira unidade de conservação de proteção integral municipal do Tocantins, com 1457,60 km². Com corredeiras de águas intensas, é indicado para turismo de aventura, como o rafting. Nasce na serra de Mateiros e corta os municípios de São Félix do Tocantins, Novo Acordo e Ponte Alta do Tocantins.


Serra da Catedral -
Tem formato de fachada de catedral, fica entre São Félix e Novo Acordo.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Museus virtuais: um passeio pela arte e cultura brasileira

Regras emergenciais para alteração e reembolso de passagens aéreas

COMUNICADO

Terra Santa: "Foi uma viagem fantástica", conta a jornalista Elaine Madalhano

Rouen, na região da Normandia, é opção de passeio rápido pela França

11 passeios de trem bate e volta de Paris