Conheça Mendoza, a capital dos vinhos na Argentina - B95 Viagens

BLOG

Conheça Mendoza, a capital dos vinhos na Argentina


Considerada a 'enodisney' para adultos, Mendoza, na Argentina, é o destino perfeito para quem aprecia bons vinhos e a principal cidade da Rota do Vinho no País. A cidade está localizada em uma região no lado leste da Cordilheira dos Andes. Possui cerca de 150 mil habitantes, com uma população de 1.200.000 habitantes, o que faz da região a quarta maior área metropolitana da Argentina.

Quando ir a Mendoza
Opte pela visita entre dezembro e março, época em que as parreiras estarão cheias de vigor, com possibilidade de provar uvas no pé. Escolha um hotel com piscina para  se refrescar após os passeis e visitas às víniculas. No final de fevereiro são colhidas as uvas brancas e, em março, as uvas tintas.

Quantos dias ficar
A viagem ideal por Mendoza tem de ter, no mínimo, cinco dias de duração. Tempo suficiente para degustação de vinhos nas principais vinícolas, voltas pelas cidade e excursão de Alta Montanha.

Documentos necessários
Para brasileiros, não é necessário visto ou passaporte. É necessário apenas a Carteira de Identidade (RG) dentro da validade de 10 anos e com foto que seja possível reconhecer a pessoa.

Como chegar
Saindo do Brasil, as companhias aéreas que operam voos para Mendoza são Latam, Gol e Aerolíneas Argentinas, com escalas em Buenos Aires, Córdoba ou Santiago.

Transportes
O Aeroporto de Mendoza é o Internacional Francisco Gabrielli, que fica a cerca de dez quilômetros do Centro. Os ônibus da linha 60 fazem a rota, e também há táxis disponíveis. A cidade no outono, época do pacote, tem temperaturas amenas, entre 26 e 30C, Mendoza no outono é uma das melhores épocas para visitação. No final de fevereiro, começa a colheita das uvas brancas e, em março, a temporada das uvas tintas.

Moeda
A moeda da Argentina é o peso argentino. Porém, é possível usar o dólar e, em alguns lugares, também o real. No entanto, há casas de câmbio por toda a cidade. Leve dinheiro trocado e cartão de crédito internacional, muito útil para transações como pagamento da hospedagem, passeios e refeições.

Maguitur
Endereço: Avenida San Martín 1203
Telefone: 261 425-1575
Horários: De 2a a 6a, das 9h às 17h30 | Sáb, das 10h às 12h30

Cambio Santiago
Endereço: Avenida San Martín 1199
Telefone: 261 420-0277
Horários: De 2a a 6a, das 8h30 às 13h30, e das 16h30 às 20h | Sáb, das 9h às 13h

Montemar
Endereço: Avenida San Martín 1152,
Telefone: 261 449-4500
Horários: De 2a a 6a, das 8h30 às 13h, e das 17h às 21h | Sáb, das 9h30 às 13h

Cambio Express
Endereço: Calle General Espejo 58
Telefone: 261 429-1441
Horários: De 2a a 6a, das 8h30 às 13h30, e das 17h às 20h | Sáb, das 10h às 13h


Onde comer em Mendoza

Fuente y Fonda
Montevideo, 675
Telefone 261 429-8833
Com estilo retrô e comidinha caseira, é ideal para grandes grupos. Entre os pratos mais pedidos e mais queridos dos argentinos está a milanesa napolitana, que é um bife à milanesa coberto com presunto, queijo e tomate, servido com batatas fritas e um bom vinho argentino.

Maria Antonieta
Belgrano 1069, tel. 261 420-4322
Com decoração que lembra os encantáveis restaurantes franceses, o Maria Antonieta tem uma ótima carta de vinhos. Abre tanto para café da manhã como para jantar. No menu, os risotos estão entre os mais pedidos, mas também fazem sucesso pratos mais leves como saladas e sanduíches.

Azafrán 
Sarmiento 765
Telefone 261 429-4200
Com cozinha de alto padrão e clima informal, o Azafrán é um dos queridinhos de quem tem paladar exigente. Na adega, uma das melhores de Mendoza, é possível escolher os rótulos por indicação do sommelier da casa ou optar por vinho na taça e provar vários. No cardápio, o carpaccio de vitela, temperado com sal de azeitonas, é de comer e repetir.

Francesco Ristorante
Chile 1268
Telefone 261 425-3912
Se tiver em Mendoza e a vontade for de uma boa massa, a indicação é o Francesco Ristorante. Instalado em uma linda casa de época, traz as melhores pastas da cidade, selecionada pela proprietária, Maria Teresa Barbera. O Assagio Francesco está entre os mais escolhidos.

1884 
Belgrano 1188
Telefone 261 424-3336
Com uma adega subterrânea composta de mais de 12 mil garrafas de vinho e comandado por Francis Mallmann é um dos mais famosos de Mendoza. Tem como especialidade as carnes, preparadas tanto na brasa, a parrilla ou em fornos de barro.

Grill Q 
Chile 1124
Telefone 261 441-1225
Localizado dentro do Park Hyatt é conhecido pela qualidade de sua parrilla. Mesmo hotel do pacote.


Onde sair em Mendoza
O agito noturno em Mendoza está centralizado nos bares da avenida Aristides Villanueva, o pedaço mais baladeiro de Mendoza. Entre os mais procurados e com melhores indicações estão:

Chachingo Craft Beer 
Arístides Villanueva 383
Telefone 261 338-6365
Especializado em cerveja artesanal e com petiscos de agradar vários paladares. O tempurá de camarão está entre os mais pedidos.

Josefina
Arístides Villanueva 165
Telefone 261 423-3531
Com mesas e cadeiras nas calçadas, atrai clientes que vão provar o cardápio variado.


Pontos turísticos
Mendoza não é só vinho e vínicolas, tem pontos turísticos que merecem a visita.

Parque General San Martín
Área de lazer com um parque belíssimo, pistas para corrida e ciclismo, gramados para piqueniques. Dentro, o monumento de San Martín, no Cerro de La Gloria é uma atração à parte!

Plaza Independencia
Localizada na área central da cidade é local para passeios calmos e tranquilos, perfeito para lindas fotos com o chafariz como contraponto. Nos fins de semana, o espaço recebe artesãos locais que exibem suas criações.

Termas de Cacheuta
Estância termal, com piscinas de água quente que brotam do interior de montanhas.

Potrerillos
A 47 quilômetros de Mendonza, a cidadezinha de Potrerillos, localizada à beira do Cordón del Plata, é indicada para quem gosta de aventura. No local é possível andar de caiaque, fazer rafting e hidrospeed.

Vinícolas
Com aproximadamente 1,2 mil vinícolas, também chamadas de bodegas, Mendoza é considerada o paraíso dos enófilos de plantão. Desse total, pelo menos 130 estão abertas a turistas para visitas e degustações. Para a visita às vínicolas, o agendamento é necesário, pois todas trabalham com horários limitados. As mais visitadas estão divididas basicamente nas áreas de Maipú, Luján de Cuyo, Valle de Uco e San Rafael e, apesar de funcionarem o ano todo, para ver as parreiras cheias de uvas, o melhor período tem início em março.

A maioria das vinícolas ou bodegas como são carinhosamente chamadas na Argentina oferece visita guiada, com explicação das etapas de produção e degustação de vinhos! Também é possível escolher pacotes com almoço, tábua de queijos, entre outras opções.

As vinícolas em Mendoza são divididas por regiões:

Lujan de Cuyo – Considerada a Terra do Malbec, fica a 16 Km do centro e é onde estão concentradas a maioria das vinícolas.
As melhores - Catena Zapata, Vistalba, Viña Cobos, Ruca Malen, Bodega Chandon, Bodega Norton, Terraza de los Andes e Luigi Bosca

Valle de Uco – um pouco mais distante de Mendoza, a uma distância de 1h da cidade.
As melhores - Salentein, Andeluna, Domaine Bousquet, La Azul

Maipú – cerca de 12 Km da cidade, tem as vinícolas mais modernas da região.
As melhores - Bodega La Rural, Família Zuccardi, Casa El Enemigo, Trapiche

Quer conhecer esse destino? Entre em contato com a B95 Viagens, pelo nosso WhatsApp ou monte seu pacote online, clicando aqui.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cruzeiros: mais segurança para todos!

Monte Verde: o destino ideal para toda família

Resorts brasileiros estão prontos para reabrir!

Destinos nacionais serão os mais procurados depois da pandemia

Vai viajar de avião? Fique tranquilo!

B95 retoma atendimento presencial de clientes